Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

© outro lado da luz

temporadas com dez capítulos de dois minutos cada.

© outro lado da luz

temporadas com dez capítulos de dois minutos cada.

© os Scott e a tribo #6

os Scott e a tribo(capítulo #5)

a manhã já ía a meio quando acordei. Phil pediu à mãe para ficar com os netos, Aurora queria, porque queria, brincar com Esperança. a minha sogra tinha comprado um piano em miniatura e ensinou aos três uma música diferente para cada um. como estão na idade de devorar informação, rapidamente aprenderam a conhecer o teclado e a importância das melodias que criavam. apesar de não conseguir ouvir, Esperança estava fascinada com as vibrações do piano. enquanto eu dormia a sono solto, Phil abriu o ficheiro zipado. levou cerca de quarenta minutos. de seguida enviou para o email de cada uma das mais velhas o dossier com o seu nome. mas não lhes disse nada. nesse dia elas almoçavam na aldeia dos pais. acordei a tempo de ler os resultados com o maridão. três das mais velhas estavam aprovadas e tinham cartas das diferentes universidades a que tinham concorrido no Reino Unidos e nos Estados Unidos, todas interessadas em recebê-las. totalmente subsidiado pela UNESCO e por bolsas das próprias universidades, para terem alojamento no Campus e uma viagem por ano para onde quisessem ir. a quarta mais velha tinha recebido cartas das diferentes universidades a que tinha concorrido, todas interessadas nela mas sugerindo que tirasse um ano para aperfeiçoar o seu inglês ou no Reino Unido ou nos Estados Unidos, totalmente subsidiado. sabíamos que as quatro queriam muito ficar no mesmo país, mas antes tinham de escolher o currículum que ambicionavam. o dossier de cada uma incluia uma lista com os livros necessários e a roupa adequada ao clima de cada universidade. o maridão disse que também havia uma carta para mim, entre os documentos zipados. para meu espanto a UNESCO ofereceu-me um contrato vitalício com um vencimento principesco com subsídio de viagens e o título de embaixadora honorária, o que me permitia participar activamente na tomada de decisões para os projectos espalhados por África. as minhas estudantes tinham tirado nota máxima em todos os exames e tinham sido convidadas a avaliar a minha dedicação e profissionalismo como professora e, mesmo sendo secretas as avaliações, só lhes podia estar grata. esperámos que regressassem do convívio com os pais para lhes dizer que tinham os resultados tão aguardados na caixa de mensagens de cada uma. Phil correu até à aldeia dos homens para lhes dar as boas notícias. estes vieram silenciosamente para a aldeia das mulheres, já todos sabíamos menos as quatro estudantes. breves minutos mais tarde elas saíram da escola a correr para abraçar as mães e, quando viram os pais, perceberam que já todos sabíamos e começaram a cantar e a dançar de alegria. entre lágrimas e abraços.

(continua)

© os Scott e a tribo #5

os Scott e a tribo(capítulo #4)

após três semanas de exames e entrevistas, as quatro mais velhas regressaram a casa cheias de saudade da comida das mães, dos abraços da criançada e de mim! confesso que me espanta mas, ao mesmo tempo, significa que fiz um bom trabalho na sua educação. quando perceberam que estava grávida eu desapareci, só tinham olhos para a minha barriga e beijinhos e carícias. é um fenómeno generalizado, sempre que estou grávida as pessoas deixam de olhar-me nos olhos, a minha barriga torna-se o centro das atenções. entretanto os cinco grafiteiros vieram a correr abraçar as irmãs, para as levarem a casa da minha sogra e ficarem a conhecer o site que a mãe de Phil tinha criado para eles. estava terminado e activo. as irmãs de tribo encheram-se de orgulho e, de repente, reconheceram o espaço da escola, beijaram as mãos da anciã Scott, voltaram para a aldeia das mulheres e quase interrompiam a aula de francês. a professora reconheceu-lhes as vozes e abriu a porta para lhes dar as boas-vindas. as mais novas abraçavam-nas enquanto os olhos delas se abriam de espanto pela perícia dos irmãos de tribo. as mães queriam comemorar o regresso das filhas, mas estas pediram para se celebrar quando elas soubessem que tinham entrado na Universidade e se tinham subsídio da UNESCO para a frequentarem. as mães concordaram com alguma tristeza pois sentiam que estariam a celebrar uma despedida. depressa optaram por pensar que estariam a celebrar um futuro brilhante para as filhas. os meus sogros estavam na aldeia há mais de um mês e não pareciam nada dispostos a voltar para Londres, ainda para mais agora com o vivênciar da minha gravidez. a minha sogra pediu aos homens para desbravarem parte da floresta de bambus nas traseiras da sua casa, sem queimarem a terra. o que exigiu escavar bem fundo para os arrancarem pela raiz, fazendo com que os transladassem, em vez de matarem a flora. tiveram o dobro do trabalho, pois também tiveram de escavar fundo para os plantar. a terra nas traseiras da casa dos meus sogros foi alisada e estrumada. de seguida, a anciã Scott pediu às mulheres para fazerem um muro em terracota, o mais rectangular possível, com a entrada perto da sua casa. graças à sua experiência com jardins e à sua sabedoria criou um micro-clima dentro daquele espaço e semeou um pomar e uma horta comunitária. um mês mais tarde já tudo florescia. a mãe de Phil conhecia bem os tipos de terra. antes do Verão poderíamos colher praticamente tudo. o muro tinha cerca de vinte centímetros debaixo do solo o que protegeu a horta dos roedores, mas tívemos de construir um espantalho por causa das aves. todos colaborámos na criação de um sistema de irrigação, segundo os conhecimentos de engenharia do meu sogro. durante esta gravidez tive imenso sono, Phil dizia que era por estar mais activa que o habitual. para tirarmos as teimas, chamámos um helitaxi para eu ser analisada no hospital e confirmou-se, estava com uma anemia. o maridão conhecia-me bem (e, no fundo concordava) eu não tomo medicação de espécie alguma quando estou grávida. e temos sempre o cuidado de ter as vacinas em dia. voltámos para casa e eu adormeci antes do crepúsculo. os nossos filhotes deitaram-se comigo, um de cada lado, e Phil recebeu um email com a resposta às candidaturas das quatro mais velhas. era um ficheiro zipado e mesmo assim levou mais de uma hora a descarregar, pelo que o maridão decidiu abri-lo na manhã seguinte, comigo a seu lado.

(continua)
subscrevam o blog por email para serem notificados quando houver novos posts

mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

© temporadas

@outroladodaluz
@outroladodaluz

in memoriam

in memoriam

Kuki - A Minha Companheira de Vida
28 Abril 2003 - 01 Abril 2021

arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D